Design modular é utilizado para criar móveis inovadores

By 19 de abril de 2022 Blog

Os profissionais de design para móveis estão precisando se reinventar para atender as necessidades atuais do mercado. Seja porque estamos morando em espaços cada vez menores, estudo da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) revela que o tamanho médio da casa própria que os brasileiros conseguem financiar mede 66 m². Seja porque os casamentos estão durando menos, dados do Registro Civil de 2020 indicam que a duração média do casamento caiu de 15,9 anos em 2010 para 13,3 anos, em 2020. Qualquer que seja o motivo, as cabeças criativas dos designers estão a todo vapor trazendo inovações que vamos conhecer esta semana.

Veja Também: Design Inclusivo: as inovações que estão ganhando mercado

O primeiro exemplo vem da Argentina, onde a empresa FC home & deco, percebendo que a taxa de divórcio no país havia subido 35% com a pandemia, decidiu apostar em móveis modulares que podem dividir-se em dois sem que eles percam a funcionalidade e estética, ou seja, quando o casamento acabar, o ex-casal pode literalmente dividir toda a casa. ​​’The Friendly Break Up Collection‘ tem diversos móveis como mesas, sofás, estantes, tapetes, entre outros que funcionam tanto junto quanto separados. As peças ainda foram batizadas com a junção de nomes de celebridades que separaram recentemente como o tapete GranAfleck, em referência ao ex-casal Jennifer Garner e Ben Afleck, ou a mesa KanyDashian, em referência a Kanye West e Kim Kardashian.

O segundo exemplo vem da Alemanha e foi desenvolvida pelo inventor Michael Linden. O “Tavar” é um módulo de armazenamento com juntas magnéticas que cresce de acordo com as necessidades do usuário. O sistema, que tem grades de 20 centímetros, possui painéis e conectores que permitem aos usuários construir um número infinito de configurações, podendo adicionar portas e gavetas para aumentar a capacidade de armazenamento. O design minimalista do objeto permite que ele se adapte a qualquer decoração em qualquer espaço e seja, inclusive, fácil de transportar.

Caixa modular Tavar

Uma outra inovação surgiu de uma tese de mestrado de um designer dinamarquês chamado Francesco Brunetti. O projeto chamado de Wall-it é uma solução de armazenamento que também pode ser uma peça decorativa de parede. São vários módulos fixados por imãs bem fortes que dá para colocar ganchos, pequenos bolsos e recipientes que servem para armazenar objetos da casa. O grande diferencial é que ele é modular, se adapta a qualquer espaço que tenha parede e pode ser combinado com diversas cores, tudo para se adequar a decoração dos pequenos espaços. Ainda em fase de protótipo, o Wall-it já é destaque em publicações de design e decoração pelo mundo.

Já a empresa americana  Resource Furniture lançou uma torre de armários giratórios. O Giralot é uma solução modular criada para  caber em entradas, banheiros ou qualquer outra área da casa onde o armazenamento tradicional não é uma opção. Usando uma coluna central que fica no chão e é fixada na parede, cada bloco de armazenamento gira 180 graus, permitindo que os usuários escolham entre uma orientação de abertura esquerda ou direita para se adequar ao espaço designado. A peça é de madeira e está disponível em uma variedade de cores, acabamentos e configurações.

Soluções para o home office

Home office Komoru da Panasonic

A adoção do teletrabalho também trouxe diversas inovações em design para deixar o home office mais confortável. Um exemplo é o My Room in the Garden, uma solução criada por um estúdio inglês em que uma cápsula, feita a partir de painéis modulares personalizáveis, pode ser montada no quintal de casa. Os usuários podem organizar as paredes internas com prateleiras de diferentes alturas e combinações e montar superfícies de trabalho. Já a Panasonic criou uma mesa chamada Komoru, que ajuda a oferecer alguma separação entre o ambiente domiciliar e o home office. A divisória tem um espaço semiprivado para o trabalho e vem com uma mesa simples para apoiar o computador e materiais de escritório. Do lado de fora e de dentro das placas, há espaço para organizar material, papelaria e decorar.

Uma pauta importante abordada em alguns estúdios de design pelo mundo é o déficit de moradia. Um dos projetos mais inovadores está sendo desenvolvido por uma empresa canadense chamada BLA Design Group. São micro-habitações personalizadas, feitas de materiais pré-fabricados e de baixo custo, autossustentáveis e eficientes, criadas para resolver o problema de alto custo das habitações no Canadá. A ideia é gerar opções acessíveis aos jovens adultos que não conseguem ter sua própria moradia fixa ou arcar com elevados aluguéis. Os “ninhos”, como essas moradias estão sendo chamadas, são feitos com a junção de compensado de madeira, revestimento de metal e policarbonato.

Fale com a Mescla

Para saber como a Mescla pode te ajudar, entre em contato através do nosso Whatsapp clicando aqui.  E se quiser receber a nossa mistura mensal de tendências e inovação, é só assinar a news.

*Imagem em destaque: Módulos fixados Wall It