Games: uma indústria bilionária e cada vez mais inovadora

By 17 de agosto de 2021 Blog, Radar, Tendência

A indústria dos games já estava em ascensão há alguns anos, mas foi durante a pandemia que os jogos passaram a ter uma importância diferente na rotina das pessoas. Segundo a Pesquisa Games Brasil, 46% dos entrevistados jogaram mais devido ao isolamento social. Já no Reino Unido, de acordo com uma pesquisa do Xbox, 61% dos adultos afirmaram jogar com amigos e familiares para manter o contato durante a pandemia. Os jogos passaram a ser mais uma ferramenta de entretenimento, comunicação e compartilhamento, tornaram-se verdadeiras redes sociais. 

Para se ter uma noção do poder desse setor, no ranking mundial o mercado de games do Brasil está em 12º lugar e é o principal da América Latina, gerando cerca de U $2 bilhões em 2021. Estima-se que em 2024 a indústria movimente um valor de U $198 bilhões no mundo inteiro. E é com base nessa movimentação que outros setores estão desenvolvendo inovações para gerar envolvimento com esses consumidores em potencial. 

Veja Também: Mundo pós covid: inovações para o entretenimento

Games para interação social

Grandes empresas estão apostando nos games com interação social para atender ainda mais a necessidade por conexão dos seus usuários. É o caso da Sony, que este ano fez parceria com a plataforma de conversas Discord para construir seu aplicativo de chat de voz em consoles PlayStation. A integração, que está programada para ser lançada ano que vem e oferecerá aos usuários do PlayStation mais opções para envolvimento da comunidade no jogo. Já o aplicativo de vídeo Houseparty, permite que o jogo do Fortnite seja transmitido ao vivo para até nove outros amigos em uma sala do app

Ainda seguindo a lógica dos jogos sendo usados como interação social e construção de comunidades, podemos citar o exemplo do Douglas Souza, jogador da seleção brasileira masculina de vôlei, que foi sensação dos Jogos Olímpicos de Tokyo e que quase que diariamente está on-line no Facebook jogando League of Legends e conversando com seguidores. Já a congressista americana Alexandra Ocasio-Cortez conseguiu juntar 439 mil espectadores simultâneos quando entrou para jogar on-line Among US. Esta live na plataforma Twitch foi considerada o evento eleitoral mais incomum da história recente

Veja Também: Plataformas de redes sociais anunciam inovações para 2021

Grandes marcas entram no jogo

Mequi 1000 no game Minecraft

Méqui1000 no Minecraft

Uma outra inovação no universo dos jogos foi a realizada pelo McDonald’s, que lançou, no começo de 2021, o seu principal restaurante, o Méqui 1000, dentro dos jogos “Minecraft” e “The Sims 4”. Nele, os jogadores encontram um QR code que direciona o usuário para fazer um pedido via McDelivery. O Méqui 1000 do Minecraft se tornou o primeiro restaurante funcional desse universo. 

print da tela do jogo da Balenciaga

Jogo Balenciaga

Já a marca de alta costura Balenciaga, lançou sua coleção outono-inverno em formato de videogame. O jogo se passa no ano de 2031, onde os jogadores escolhem um avatar e vivenciam uma jornada de herói, criando um futuro próximo em que as roupas se transformarão. Para o projeto foi necessário renderizar modelos, roupas, movimentos e acessórios, tudo feito para uma experiência completamente imersiva. Inclusive o link para o jogo é de fácil acesso e todos podem viver essa experiência.

 

Eventos gamificados

Os eventos também estão utilizando o universo dos games para escapar das restrições causadas pela pandemia. O conjunto de festivais que acontece toda primavera na cidade de Austin, nos Estados Unidos, chamado de SXSW, foi realizado este ano com experiências virtuais gamificadas. Uma das mais inovadoras foi a peça virtual interativa “Dream”. O espetáculo, apresentado pela tradicional Royal Shakespeare Company, foi interpretado por atores em trajes de captura de movimento e animado em tempo real, aparecendo para o público como avatares digitais em um mundo virtual.

imagem que retrata o espetáculo Dream

Espetáculo Dream

Para também atender esses eventos gamificados, a plataforma Roomkey hospeda eventos como reuniões, festas de lançamentos e até mesmo encontros de Alcoólicos Anônimos em um ambiente virtual onde cada participante se transforma em avatar de jogo. Lançada em abril de 2020, a plataforma já conta com mais de 50 mil usuários em 10 mil salas ativas.

Veja Também: A economia da atenção suas inovações e preocupações

Para finalizar, o blog traz um fato que demonstra o potencial dos games de moldar outros mercados, inclusive os mais tradicionais como a engenharia e arquitetura, por exemplo. Recentemente, o youtuber alagoano conhecido como Mister Poladoful, contou em um vídeo no seu canal como ele utilizou o Minecraft para mostrar ao seu arquiteto como ele queria a sua casa. Ao falar sobre, ele nem tem muita noção de quanto essa ação tem potencial inovador e pode inclusive moldar uma nova maneira de como profissionais da construção e os consumidores se comunicam. 

Fica a reflexão: como o seu negócio pode embarcar nessa tendência?