Métodos: como realizar uma pesquisa de tendências?

By 5 de setembro de 2018 outubro 14th, 2019 Blog
TEMPO DE LEITURA: 2 MINUTOS

“Muitas vezes a sabedoria está em calar e observar”.

Pesquisar é fundamental tanto para quem está iniciando um negócio quanto para quem já tem um negócio e precisa se atualizar constantemente sobre as mudanças e tendências de mercado. Para isso, existem vários métodos que poderão ser utilizados dependendo do tipo de informação que se quer captar. Então, sua primeiríssima tarefa é definir: O que eu quero saber? (ou seja o objetivo da pesquisa).

Desk Research

É perfeita para capturar dados básicos de determinada área ou setor. Esse é um método que utiliza dados secundários como fontes de informação: revistas, internet, jornais, publicações acadêmicas, entre outros. Aqui é essencial que se busque em fontes confiáveis como institutos de pesquisas (Ex.: IBGE) e instituições que têm credibilidade no mercado (Ex.: PWC).

Etnografia (e netnografia)

Tradicionalmente utilizado por antropólogos, esse método tem como base o convívio, por um longo tempo, em alguma comunidade para observar o comportamento das pessoas em determinados contextos. Já na Netnografia o pesquisador “mergulha” na internet para entender o comportamento do consumidor. Pense que as redes sociais é um prato cheio de informação que aqueles que querem degustá-la. As pessoas postam absolutamente tudo! O que usam, comem, se divertem, reclamam, frequentam – um verdadeiro retrato social.

Observação e invasão de cenários

Na observação de forma semelhante à etnografia, o pesquisador fará uma imersão em determinada comunidade, podendo ou não interagir com as pessoas do local, porém ocorre em um curto espaço de tempo. Por outro lado, na Invasão de cenários – método bastante controverso – o pesquisador se “infiltra” em determinados ambientes para observar o comportamento das pessoas, sem que elas tenham conhecimento disso.

Quer organizar tudo o que você coletou? Monte um Moodboard que é um painel de referências visuais para representar o “look and feel” (conceito visual) de um projeto. Ele permite que você estampe visualmente as ideias em algum lugar, exemplificando contextos, comportamentos, culturas, locais, estilos, produtos, entre outros.

 

Para se planejar para o futuro e definir a estratégia da sua empresa, com base em todas as informações e dados já coletados, você pode ainda desenvolve uma construção de cenários, onde se projeta possíveis futuras ocorrências, baseadas em suposições plausíveis sobre os importantes temas que podem influenciar um setor.

Quer saber ainda mais? Dá um Google em outros métodos: workshop com stakeholders, pesquisa com experts, pesquisa de consumidores, monitoramento social, Delphi.

O que fica claro é que sem informação a tomada de decisão é rasa, tudo é suposição. Então, descubra o que você quer saber, separe um computador, celular com câmera, seu bloco de notas, vá observar o mundo!